Estrela

 

                    Sou uma estrela perdida...

                    Daqui observo os planetas

                    Faço parte do jogo

                    Sigo o curso da história

                            

                     Vou por  trajeto infinito

                     Sem mudar rumos

                     Risco um traçado bonito

 

                     Sinto que olhos estranhos me seguem...

                     Mas é agradável saber que sou vista!

                     _ Quero passar alguns dados, estranho!

                     _Qual o seu interesse por mim?

 

                     Talvez eu possa te dar uma dica

                     Eu já não existo no espaço em que olhas

                     São gazes que vês nessa lente!

                     Mas mesmo não sendo, me sinto:-

                          _Sou estrela!

 

                     Embora apregoem os sábios

                     Embora eu não seja de fato do elenco

                     _Você pode me ver...

                     _Sou estrela, afinal!

 

                          (primavera de 98)

 

Voltar

 

Hosting by WebRing.