LanguageTranslator


Links Interessantes - Hinos a Aton - Resumo do Reinado de Akhenaton - A cidade de Amarna - A Familia Real - Mapas do Egito - XVIIIª Dinastia - Contexto Histórico da XVIIIª Dinastia - Imagens - Humor - Bibliografia - Pesquisadores convidados


Neferkheperura Waenra Akhenaton - Amenhotep IV

(cerca de 1350 a.C.)

Segundo filho de Amenhotep III com Tiya, o faraó Akhenaton é considerado, por uns, como visionário, revolucionário e idealista; por outros, apenas como herético. Poeta e reformador das artes, a verdade é que ele foi responsável por um dos mais importantes momentos da História do antigo Egito.

É por seu intermédio que pela primeira vez a história da humanidade registra a adoção de um deus único, ou seja, é o primeiro momento conhecido em que o homem adota a figura do monoteísmo. Seu deus Aton era representado fisicamente pelo disco solar.

Fundou uma nova capital, à qual deu o nome de Akhetaton (Horizonte de Aton). Abandona a então capital Tebas, e vai com sua corte habitar a nova cidade-capital, que teve a duração de somente 12 anos aproximadamente.

Akhenaton reinou por cerca de 17 anos, vindo a falecer de forma até agora desconhecida. Embora alguns estudiosos afirmem que sim, até agora não há qualquer dado concreto referente a uma possível descoberta de sua múmia.

Com sua morte, acaba a reforma religiosa, que obteve repercussão no campo artístico e político.

Como conseqüência dessa nova concepção religiosa, o antigo Egito foi palco de uma profunda revolução dos tradicionais cânones artísticos de então, adotando características do realismo e do naturalismo. A partir desse momento, a imagem atlética do faraó é negada, passando então este a ser representado com suas características naturais, às vezes até de forma exagerada, beirando a caricatura. As cenas comuns retratadas referem-se àquelas do seu convívio cotidiano com a família, no palácio ou em adoração ao novo deus Aton.

Casado com Nefertiti, teve seis filhas, sendo que também lhe é atribuída a paternidade de Tutankhaton/Tutankhamon, que seria seu filho com a segunda esposa de nome Kiya.

Se você gosta de trocar idéias sobre Akhenaton e sobre esse período, para mim o mais fascinante do antigo Egito, conhecido como "Período Amarniano", podemos conversar pelo e-mail soldeamarna@yahoo.com.br. Também aguardo sugestões.

Hosting by WebRing.