Início  Como Colaborar 

 

 

Buscar
   

powered by FreeFind

 

Visite o site do Quackwatch em português
Gostaria de ver seu banner aqui, é grátis!!!

 

4 de agosto de 1999

Início

SI Digest

Livros

Evolução

Links

 

 

Skeptical Inquirer Electronic Digest

SKEPTICAL INQUIRER Setembro/Outubro 1999 - Pré-lançamento
 
Reportagem Especial
Vejam isto! Fox News noticiou que alienígenas podem ter construído as Pirâmides do Egito!
 
Pseudociência como  notícia? A produção do especial de horário nobre da Fox Networks, "Opening of the Lost Tombs: Live from Egypt" (Abertura das Tumbas Perdidas: Direto do Egito) levanta questões éticas.
 
Artigos

 
De Onde Nós Viemos? (Where Do We Come From?)
Um Exame Humilde na Biologia da Origem da Vida

A origem da vida na Terra é uma questão científica fundamental, mas não sabemos tanto quanto muitos livros de biologia gostariam que você acreditasse.
Massimo Pigliucci
 
Lucros e Profecias (Profits and Prophecy)
Hayseed Stevens e o Petróleo em Israel
Um empresário fundamentalista do petróleo mistura criacionismo, profecias da Bíblia e técnicas de rabdomancia para um programa de exploração de petróleo em Israel.
Donald U. Wise
 
Medidas de Projeção da Personalidade e Psicopatologia (Projective Measures of Personality and Psychopathology)
Qual o Grau de Eficiência? 

Apesar das técnicas de projeção permanecerem como a mais popular entre as mensurações psicológicas, muitos críticos estigmatizam-nas como pseudocientíficas.
Scott O. Lilienfeld
 
O Que Todo Cético Deveria Saber a Respeito de Persuasão Subliminar
(What Every Skeptic Should Know About Subliminal Persuasion)

Pesquisas clássicas de psicólogos cognitivos e sociais sugerem que estímulos apresentados subliminarmente (subconscientemente) podem ser compreendidos e podem influenciar a cognição de baixo nível das pessoas. Investigações mais recentes sugerem que tais estímulos também podem alterar processos cognitivos de alto nível nas pessoas, incluindo atitudes, preferências, julgamentos e até mesmo seus comportamentos. 
Nicholas Epley, Kenneth Savitsky e Robert Kachelski
 
Colunas
 
Carlos Castañeda e a Antropologia da Nova Era (Carlos Casteñeda and New Age Anthropology)
Martin Gardner
Notes of a Fringe Watcher
 
Milagres ou Má-fé? (Miracles or Deception?)
O Caso Patético de Audrey Santo (The Pathetic Case of Audrey Santo)
Joe Nickell
Investigative Files
 
Alienígenas Seguem Seus Líderes (Aliens Follow Their Leader)
Robert Sheaffer
Psychic Vibrations

Rastreando Distorções da Mídia:
 Novas Alegações sobre o Pólen do Sudário

O Associated Press noticiou o seguinte sobre um novo estudo do pólen retirado do Sudário de Turim. O estudo foi apresentado na Conferência Internacional de Botânica em Saint Louis. Depois da reportagem do AP, este novo estudo certamente ganhará a atenção da mídia e provocará um novo mistério mercadológico a respeito da autenticidade da Mortalha. Porém qualquer balanço da mídia deveria reconhecer que os achados do estudo precisam ser averiguados e os resultados em nada contribuem para "refutar diretamente" a evidência histórica, o teste com o rádio-carbono  e as manchas de "sangue" da Mortalha que descobriu-se como sendo tinta de pigmento vermelho.
 
Como você verá, a reportagem do Associated Press induz com uma proclamação que o estudo "refuta" o teste com o rádio-carbono. Um claro embuste do atual significado do estudo do pólen. Infelizmente a reportagem do AP, vinculada nas agências de notícias hoje, obrigatoriamente rodará em dezenas de jornais através do país amanhã e será transmitida pelas rádios e televisões. Um excelente exemplo de como a mídia distorce a ciência e o paranormal.
 
A notícia vinculada pelo Associated Press:
 
Saint Louis, EUA 3 de agosto — Uma nova análise dos grãos de pólen e das imagens de plantas no Sudário de Turim situa sua origem na Jerusalém de antes do século VIII. O estudo deu um alento para aqueles que acreditam na sudário como sendo a mortalha de Jesus e refuta um exame feito por cientistas em 1988 que concluíram que a mortalha fora produzida entre 1260 e 1390. O estudo anterior também indicou que a mortalha era oriunda da Europa ao invés da Terra Santa.  “Identificamos pelas imagens e pelas espécies dos grãos de pólen no sudário que elas são restritas às vizinhanças de Jerusalém,” disse o professor de botânica Avinoam Danin da Universidade Hebraica de Jerusalém, segunda-feira durante o Congresso Internacional de Botânica aqui em Saint Louis. “Os discursos de que o sudário é proveniente da Europa não podem ser mantidos.”
 
Para ler o artigo na íntegra (em inglês) vá para http://www.abcnews.go.com/sections/science/DailyNews/turin990803.html.
 
Eis o que o  Saint Louis Post-Dispatch está noticiando. Como pano de fundo para a controvérsia, o artigo do Post-Dispatch citou uma versão da história da Mortalha manchada pela propaganda pró-Sudário. É apenas um palpite, mas suponho que o repórter compilou a história a partir da literatura distribuída na conferência de imprensa.
 
Estudo do pólen data a mortalha no século VIII
Por Michael Hines
do Post-Dispatch 
O renomado Sudário de Turim  -- tido por muitos como sendo o manto de sepultamento de Jesus -- é datado à Jerusalém no máximo do século VIII,  anunciou aqui um cientista israelense, na segunda-feira. Os achados, baseados na análise do pólen e de imagens de plantas no tecido, contradizem estudos anteriores de datação com carbono que estimavam a origem do tecido em 500 a 700 anos depois -- na Europa da Idade Média. O mais recente estudo certamente irá instigar mais controvérsia a respeito da autenticidade da mortalha, uma questão que tem sido debatida por séculos entre religiosos e cientistas. Avinoam Danin, um professor de botânica na Universidade Hebraica de Jerusalém, liderou a equipe de pesquisadores que reexaminaram o pólen encontrado na mortalha. Ele apresentou os estudos com a planta na segunda-feira à tarde no XVI Congresso Botânico Internacional no America's Center da cidade.
 
Para ler o artigo na íntegra e, em inglês, vá para: http://www.postnet.com/postnet/stories.nsf/ByDocID/....
 
Para uma história sobre o Sudário mais precisa, leia um recente sumário escrito por Joe Nickell, pesquisador e membro sênior do CSICOP, autor de Inquest on the Shroud of Turin . Você pode encontrá-lo em: http://www.csicop.org/articles/shroud/index2.html. (textos em inglês)
 
Veja mais informações e comentários do CSICOP no mais recente estudo sobre o Sudário.

CARL SAGAN PRODUCTIONS Anuncia Duas Novas Séries de Televisão

Para maiores informações, vá para www.carl-sagan.com

Carl Sagan Productions anuncia novas séries de televisão:

Collision Course: The Quest for Truth (Curso de Colisão: A Busca pela Verdade) 
Uma série de televisão de dez horas concebida por Carl Sagan e Ann Druyan explorando a vida de revolucionários famosos na história do pensamento. Cada uma destas personalidades tiveram que superar enormes conflitos em suas vidas pessoal e profissional. Suas indagações científicas  os colocaram em um Curso de Colisão com o governo, negócios, religião e sociedade. Foram e são heróis na Busca pela Verdade. As séries incluirão dramatizações e diálogos interpretadas e dirigidas por atores e diretores renomados.  
Produzido em High Definition Television (HDTV) com 5.1 Chanel Dolby Digital surround sound (16 to 9 aspect ratio).
Disponível a partir de janeiro de 2000. 
Carl Sagan Productions (West) Inc.
7165 Sunset Blvd., Hollywood, Califórnia 90046-4417 EUA
Fone: 323-969-9595 Fax: 323-969-8883
Contatos: Kent Gibson ou Ann Druyan (info@carl-sagan.com )

The Worlds of Carl Sagan (Os Mundos de Carl Sagan)
A revista Time comentou que "Com terrestres como Carl, quem precisa de extras?" Ele foi como nenhum outro... Estamos produzindo uma mini-série de 4 horas na forma de documentário sobre a vida do astrônomo Carl Sagan, autor da série de televisão COSMOS (a mais popular série de televisão sobre ciência jamais produzida -- 600 milhões de espectadores em todo o mundo). Carl Sagan é também autor de trinta best-sellers comunicando os mundos e maravilhas da ciência para um público leigo. Um participante em todas missões científicas da NASA das primeiras quatro décadas da Era Espacial, realizou pesquisas pioneiras sobre atmosferas planetárias, a origem da vida e da inteligência na Terra e a sua busca em qualquer outra parte. Seu trabalho sobre o Inverno Nuclear e o projeto da Guerra nas Estrelas de Reagan-Bush teve conseqüências políticas globais. O programa incluirá clipes de COSMOS bem como do filme Contato (Contact) e entrevistas de pessoas renomadas as quais Carl tocou pessoalmente.
Produzido em High Definition Television (HDTV) com 5.1 Channel Dolby Digital surround sound.
Disponível a partir de julho de 1999.
Carl Sagan Productions (West) Inc.
7165 Sunset Blvd., Hollywood, Califórnia 90046-4417 EUA
Fone: 323-969-9595 Fax: 323-969-8883
Contatos: Kent Gibson ou Ann Druyan ( info@carl-sagan.com)

Lei sobre o Acesso a Pesquisas Assusta a Ciência


Para ler o artigo na íntegra publicado em 31 de julho no New York Times, vá para: http://www.nytimes.com/library/national/science/073199sci-foia-law.html. (textos em inglês)

A proposta é bem simples: Dinheiro público paga muitas pesquisas científicas, então dados destas pesquisas deveriam estar disponíveis para o público. No requerimento do Senador Richard C. Shelby, Republicano do Alabama, uma proposta dizendo que a aprovasse tranqüilamente numa tarde do outubro passado, sem ouvir ou debater, como uma emenda a mais nas mais de 4000 páginas nas contas do governo. De acordo com a emenda, qualquer um pode redigir um pedido ao Governo sob o amparo do Decreto de Liberdade de Informação e ter acesso a "todos os dados produzidos" por um estudo publicado, pago por qualquer dinheiro público e potencialmente receber tudo desde um resumo dos achados até cadernos do cientista ou e-mail ou, em alguns casos, informações sobre pacientes.

Leia as cartas AAAS para o Congresso norte-americano sobre este assunto em: http://www.aaas.org/spp/dspp/sfrl/projects/omb/congrltr.htm. (textos em inglês)

FAR EASTERN ECONOMIC REVIEW Escreve sobre FALUN GONG


O Far Eastern Economic Review fez uma reportagem sobre a controvérsia Falun Gong - China em sua última edição. ´Leia o artigo na íntegra em: http://www.feer.com/Restricted/index_p1.html. (textos em inglês)

CHINA - Alarmada com o número de membros do partido e soldados do PLA que pertencem à seita Falun Gong, Pequim está reprimindo. Esta manobra linha-dura corre o risco de transformar o que é agora uma ameaça benigna, se é que representa uma ameaça, em um movimento mais militante e perigoso. A favor de distintas minorias étnicas impacientes ou ativistas da democracia, os milhões de membros da Falun Gong são pessoas de meia idade, da classe média e pouco adaptados na sociedade chinesa. E seguidores determinados que antes faziam propaganda sob a insígnia da Falun Gong  agora tornaram-se pessoas sem rosto e difíceis de serem identificadas.

Para assinar gratuitamente a edição em inglês do SI DIGEST, vá para: http://www.csicop.org/list/.

 

 

Alto da Página

 

 

 

 

(set/99)

 

Darwin Fish
Copyright © 2000 Darwin Magazine
Primeira versão criada em março de 1997
 por Gilson Cirino dos Santos.
Curitiba, Paraná - Brasil.

Página Inicial | Evolução | SI Digest | Livros | Links | Sugestões

Hosting by WebRing.